Google
 

Prótese retiniana cria visão artificial

Bookmark e Compartilhe

Parece algo saído de um filme de ficção científica, mas é real!Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Stanford, em Baltimore, Estados Unidos, criou uma retina artificial- uma prótese retiniana.

A tecnologia trata-se de um chip fotovoltaicos que atuará com um conjunto de células solares que fornece a visão parcial para pessoas que sofrem de degradação em suas células fotorreceptoras.

Os sensores fotovoltaicos, como os dos painéis de energia solar, fornecem energia ao chip convertendo luz em eletricidade que ativam células nervosas especializadas, que passam os dados de imagem processado na retina que dão início à formação da imagem no cérebro.

Prótese retiniana
Este sistema surpreendente inclui uma câmera de vídeo acoplada ao óculos que capta a imagem, um PC de bolso para processá-lo em tempo real, e uma tela LCD de infravermelhos.

A tela produz luz suficiente para entrar no olho e cobrar a matriz da célula solar. Com 3 milímetros de largura o chip tem 3 camadas, cada qual tem 3 células fotovoltaicas de três tamanhos diferentes e é montado sobre a retina, no total o tamanho é de 300 nanômetros (0, 0003 milímetros).

Este sistema fotovoltaico é capaz de produzir imagens suficientemente claras como para reconhecer rostos e ler cartazes de publicidade nas ruas, mais ainda não é potente o bastante para poder dirigir.

Mas não deixa de ser uma descoberta fantástica para aqueles que têm problema de visão! O desafio agora é evitar que o chip cause danos aos tecidos do olho.

Ouça o texto

0 comentarios:

Imprimir
Related Posts with Thumbnails