Google
 

Hackers que fizeram história

Bookmark e Compartilhe

-Kevin Mitnick (Condor)O mais famoso dos hackers chegou a roubar 20 mil números de cartões crédito e passeava pelo sistema telefônico dos EUA com total desenvoltura. Foi o primeiro hacker a entrar para a lista dos dez criminosos mais procurados pelo FBI. Depois de quatro anos de prisão. Mitnick está agora em liberdade e tem uma empresa que presta consultoria em segurança de sistemas.

-Tsutomu Shimomura é um cientista da computação e hacker notório. Teve grande influencia na captura de Kevin Mitnick, um dos maiores crackers de todos os tempos. Escreveu o livro “Contra-ataque”, em que conta como ajudou a prender Mitnick.


-Kevin Poulsen (Watchman)Kevin Poulsen, o Watchman, amigo de Mitnick, era um simples especialista em telefonia de rara habilidade. Em 1990, ganhou um Porsche num concurso realizado por uma emissora de rádio da Califórnia. O prêmio era para o 102º ouvinte que telefonasse. Poulsen invadiu a central telefônica, interceptou as ligações e garantiu seu prêmio. Passou quatro anos na prisão e hoje é diretor do site Security Focus.

-John Draper (Captain Crunch)John Draper, o Captain Crunch, é considerado o inventor do phreaking. No início dos anos 80, ele usava um simples apito de plástico para produzir o tom de 2.600 Hz, capaz de enganar o sistema telefônico americano. Assim, fazia ligações de graça.

-Johan Helsingius (Julf)O finlandês é responsável por um dos mais famosos servidores de e-mail anônimo. Foi preso após se recusar a fornecer dados de um acesso que publicou documentos secretos da Church of Scientology na Internet. Tinha para isso um 486 com HD de 200Mb, e nunca precisou usar seu próprio servidor.

-Vladimir Levin (Rússia)O russo Vladimir Levin é o ladrão digital mais notório da história. Ele liderou uma gangue russa que invadiu os computadores do Citibank e desviou US$ 10 milhões de contas de clientes. Levin foi preso na Inglaterra, quando tentava fugir do país. Ele dizia que um dos advogados alocados para defendê-lo era, na verdade, um agente do FBI.

-Ehud Tenebaum (Analyser)O israelense Ehud Tenebaum, o Analyser, foi preso em 1998, após ter participado de um bem-organizado ataque contra os computadores do Pentágono. Seus companheiros de conspiração eram dois jovens de Israel e mais dois da Califórnia.

-Mike Calce (Mafiaboy)Aos 15 anos, o canadense Mike Calce, o Mafiaboy, confessou ter orquestrado os ataques de indisponibilidade de serviço que derrubaram sites como Yahoo!, CNN e ZD Net em fevereiro de 2001. Ele foi sentenciado a 8 meses de prisão, por ter acarretado um prejuízo estimado em US$ 1,2 milhão. Ele é um exemplo de script kid. Alardeou tanto os seus feitos, que acabou sendo preso por isso.

A fonte deste artigo é o site http://www.invasao.com.br/ .Um dos melhores site brasileiro sobre segurança na internet. Artigos, dicas, programas hackers, tutoriais e muitos outros materiais sobre segurança.

Ouça o texto

2 comentarios:

Rubens S Leme disse...

Ingrid,

Parabéns pelo novo visual do blog ficou ótimo.
Espero encontrar sempre matérias legais como esta e tantas outras...

abraço

alexroll1 disse...

nossa cara eu pensava que eu ja era uma fera no computador porque ja roubei uns 3 cartoes roubeis um monte de orkuts e outros crimes pela internet esse blog me deu grandes ideia s falo isso lenbremçe desse nome ALEX OLIVEIRA DO NASCIMENTO k....k...k

Imprimir
Related Posts with Thumbnails