Google
 

O iPod é inimigo dos marca-passos

Bookmark e Compartilhe

Um estudo feito por um garoto de 17 anos nos Estados Unidos está levantando uma nova polêmica em torno dos MP3 players. A tese é a de que esses aparelhos podem interferir na operação de marca-passos.

Jay Thacker, que mora em Michigan, fez o estudo sob a supervisão de um médico que é amigo de seu pai e dá aulas de Medicina Cardiovascular na Universidade de Michigan. Na amostra, foram pesquisados cerca de 100 usuários de marca-passos, com idade média de 77 anos. O teste usou apenas iPods, da Apple.

Segundo as observações do estudo, bastou manter o iPod a uma distância de 5 centímetros por cerca de 10 segundos para que houvesse algum tipo de interferência. Também foram notadas modificações no funcionamento em distâncias maiores, de até 45 centímetros.

Aqui vão algumas das estatísticas: em 29% dos casos foi detectado algum tipo de interferência, mas sem comprometer o funcionamento. Em 20%, houve alteração na marcação das batidas do coração. E em uma das experiências o marca-passos simplesmente deixou de funcionar. Quando o iPod foi desligado, tudo voltou ao normal. Vamos ver o que dizem os novos estudos que devem aparecer rapidinho sobre o assunto

Ouça o texto

0 comentarios:

Imprimir
Related Posts with Thumbnails